Andar na Verdade

2 João 1.1-6

1 O presbítero à senhora eleita e aos seus filhos, a quem amo na verdade, — e não apenas eu os amo, mas também todos os que conhecem a verdade — 2 por causa da verdade que permanece em nós e estará conosco para sempre. 3 A graça, a misericórdia e a paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, seu Filho, estarão conosco em verdade e em amor. 4 Ao encontrar alguns dos seus filhos, muito me alegrei, pois eles estão andando na verdade, conforme o mandamento que recebemos do Pai. 5 E agora eu lhe peço, senhora — não como se estivesse escrevendo um mandamento novo, o que já tínhamos desde o princípio — que nos amemos uns aos outros. 6 E este é o amor: que andemos em obediência aos seus mandamentos. Como vocês já têm ouvido desde o princípio, o mandamento é este: que vocês andem em amor.

A primeira carta de João tratou, entre outras coisas, de falsos mestres que estavam contaminando e confundido a igreja. Em 2 e 3 João, o problema continuava, e por isso ele escreveu “à senhora eleita” (v. 1), que era a igreja local de outra cidade ou uma mulher em cuja casa a igreja se reunia para cultos. Em qualquer caso, ele queria encorajar os crentes para que continuassem praticando a hospitalidade, sem deixar de discernir quem merecia ou não a cama e o púlpito.

Duas palavras se destacam em 2 e 3 João: Verdade e Amor. João diz que se encontrou com membros daquela igreja e ficou muito alegre porque andavam na verdade. Que verdade é essa? A verdade é Cristo e a Sua Palavra (Jo 14.6; 17.17).

Ele aproveita, então, para relembrar os crentes da necessidade de obediência aos mandamentos do Pai, especialmente do amor. Se alguém fosse escrever algo sobre você, diria que você é alguém que tem andado na verdade e nesse amor?

O amor bíblico não é um sentimento, mas uma atitude. Nós não escolhemos o que sentimos: se alguém nos faz algum mal, poderemos sentir raiva, tristeza, etc. Mas, por amor, decidimos ter atos de bondade e sacrifício para com aquela pessoa que nos machucou de alguma forma.

Quem anda na verdade sabe que precisamos viver na dependência de Deus; portanto, se você acha difícil amar alguém, comece orando por essa pessoa. “Atitudes mudam sentimentos, sentimentos não mudam atitudes.”


Devocionais nas cartas de João – Textos na versão NVI (Nova Versão Internacional) DANIEL SIMÕES – extraído do Diário de Hora Silenciosa da organização Palavra da Vida, usado com permissão