Conheçer a Deus

1 João 2.3-6

3 Sabemos que o conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos. 4 Aquele que diz: “Eu o conheço”, mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. 5 Mas, se alguém obedece à sua palavra, nele verdadeiramente o amor de Deus está aperfeiçoado. Desta forma sabemos que estamos nele: 6 aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou.

Comentário:

Muitas pessoas se orgulham em dizer que conhecem alguém famoso, mesmo que esse conhecimento não seja profundo nem consistente. A melhor forma de tirar a prova nesses casos é ouvir do próprio famoso que aquela pessoa realmente faz parte do seu círculo de relacionamentos.

Quando dizemos que conhecemos a Deus, a situação é semelhante. No texto de hoje, João nos diz como o próprio Deus identifica aqueles que realmente O conhecem. Qual é a evidência descrita no versículo 3? Como é chamado aquele que não tem essa evidência (v. 4)?

É provável que os leitores originais da carta de 1 João estavam diante de uma forma primitiva de uma falsa doutrina chamada gnosticismo. Os que pregavam tal heresia alegavam ter um “conhecimento” especial a respeito de Deus. Com isso em mente, João emprega os termos traduzidos por “saber” e “conhecer42 vezes nessa carta.

Os versos 5 e 6 não querem afirmar que apenas aqueles que nunca desobedecem conhecem a Deus, mas sim que o verdadeiro conhecimento de Deus resultará num estilo de vida caracterizado pela obediência e imitação de Cristo.

Com base nos critérios apresentados no trecho de hoje, você diria que conhece realmente a Deus? O próprio Deus (por meio de Sua Palavra) confirma isso? Peça para um amigo crente lhe indicar uma área em sua vida que você precisa imitar mais a Jesus. Pense e busque andar como Jesus andou.


Devocionais nas cartas de João – Textos na versão NVI (Nova Versão Internacional)
DANIEL SIMÕES – extraído do Diário de Hora Silenciosa da organização Palavra da Vida, usado com permissão