Crescer em Comunhão

1 João 4.13-21

13 Sabemos que permanecemos nele, e ele em nós, porque ele nos deu do seu Espírito. 14 E vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho para ser o Salvador do mundo. 15 Se alguém confessa publicamente que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus. 16Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. 17 Dessa forma o amor está aperfeiçoado entre nós, para que no dia do juízo tenhamos confiança, porque neste mundo somos como ele. 18 No amor não há medo; pelo contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor. 19 Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20 Se alguém afirmar: “Eu amo a Deus”, mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21 Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão.

É o Espírito Santo que produz em nós o amor, que faz parte de Seu fruto (Gl 5.22, 23). Então, para ter o amor fraternal, precisamos ter o Espírito habitando em nós (v. 13). Assim podemos experimentar plena segurança.

João ensina que o conteúdo da mensagem que cremos e o nosso estilo de vida somam-se para demonstrar nossa comunhão com Deus. Veja os versos 14 e 15. A nossa confissão deve vir acompanhada de submissão e obediência a Cristo.

Perceba como João busca conduzir os crentes ao pleno desfrute da comunhão espiritual e da certeza de salvação pessoal nos versos 16 e 17. O verso 18 muitas vezes é usado fora de seu contexto. O “medo” a que ele se refere é o medo da condenação diante de Deus. Quando temos o amor genuíno, que confirma nossa salvação, não temos razão para ter esse medo. Os versos 19 a 21 confirmam nossa teoria inicial, mostrando que não basta termos um bom “discurso amoroso”, é preciso termos uma atitude de amor fraternal.

O estudo da epístola de João o motivou a crescer em comunhão com o Deus que é amor, amando também os outros? Converse com um líder ou com seu pastor sobre como você poderia motivar outros a buscar essa comunhão. Que tal se dispor para ensinar alguns princípios de 1 João para jovens ou crianças?


Devocionais nas cartas de João – Textos na versão NVI (Nova Versão Internacional) DANIEL SIMÕES – extraído do Diário de Hora Silenciosa da organização Palavra da Vida, usado com permissão